Ministra da Agricultura lançará oficialmente o plantio da safra de soja em Rondônia

17 de setembro de 2019

Acompanhada pelo governador Marcos Rocha e outras autoridades, a Ministra da Agricultura, Teresa Cristina lançará oficialmente na próxima quinta-feira (19) às 11:00 horas, Na fazenda Jaqueline do Grupo Masutti, o plantio da safra de soja 2019/2020, no Cone Sul de Rondônia, distante 15 quilômetros do perímetro urbano da sede do município de Vilhena. A Ministra conhecerá o potencial econômico do estado que apresentou o maior índice de crescimento no Produto Interno Bruto (PIB) na região Norte, entre os anos 2002 a 2016, saltando para 528% seguido pelo estado do Pará com 521%.

Informações da Coordenadoria de Desenvolvimento Agropecuário da Secretaria de Agricultura (Seagri) indicam que os principais produtos que alavancam as exportações são a carne, soja, milho, madeira e minérios. Em 2018, Rondônia passou o ocupar o 4º lugar no ranking entre os estados exportadores de carne bovina com 167 mil 578 toneladas, sendo superado somente por São Paulo, Mato Grosso e Goiás, entesourando US$ 6,5 milhões exportando para 41 países.

A região do Cone Sul, que será visitada pela Ministra Teresa Cristina, guarda um rebanho bovino de alta linhagem com 1,3 milhões de cabeças do total de 14,7 milhões, criados soltos, em confinamentos e semi-confinamentos.  Ao sobrevoar a área a Ministra constatará in loco a beleza dos equipamentos de última geração semeando a semente de soja nas lavouras que ocupam mais de 200 mil hectares das 360 mil que são cultivadas no estado de Rondônia, de onde na safra 2018/2019 foram colhidas 1,1 milhão de toneladas da oleaginosa e 800 mil toneladas de milho safrinha.

Vocação para o agronegócio

Para Marcelo Lucas da Silva, diretor da Associação dos Produtores de Soja de Rondônia (Aprosoja), a “vocação para o agronegócio colocou o estado na posição de um dos principais produtores de alimento nas mais diversas cadeias produtivas”. É verdade, tendo como cabeça de ponte a produção de soja, milho, carne, café e peixe, numa linha retilínea, as lavouras e pecuária continuam mantendo um crescimento acima da média nacional avalia o secretário de Agricultura, Evandro Padovani.

Fonte: Jaru Online

A visita da Ministra da Agricultura, Teresa Cristina, prestigiando o inicio do plantio da soja respeitando o período do vazio sanitário, se reveste de um simbolismo político e econômico importante voltado para o setor produtivo. Tendo em vista que a imprensa nacional, televisões, rádios, sites e jornais impressos se farão presentes em Vilhena, para divulgar conforme o fizeram em Brasília no “Festival do Tambaqui”, os organizadores do evento estão se desdobrando para não existir falhas e nem excesso.

O objetivo é mostrar Rondônia de maneira positiva pelo ângulo do agronegócio, que produz no campo gêneros de primeira necessidade respeitando a legislação ambiental, gerando emprego e rendas nas áreas rurais e urbanas.

Comentarios