Nota de esclarecimento do deputado Adelino Follador

22 de fevereiro de 2019

 

Diante das informações falsas e puramente eleitoreiras, de pessoas de má índole, que se escondem atrás das dificuldades de identificação nas redes sociais e pulverizam notícias completamente equivocadas sobre os andamentos políticos em Ariquemes, senti a necessidade de esclarecer a população sobre tais situações. Antes de tudo, destaco que a internet não é terra sem lei, por isso nossa assessoria jurídica está providenciando as medidas necessárias para que o responsável seja identificado e sofra as devidas punições legais.

Todos que verdadeiramente me conhecem sabem que jamais tratei as pessoas como inimigas, pelo contrário, a pessoa que aparece como vítima é quem desferiu frases que passam esse entendimento. Sempre trabalhei pautado na ética e no bem comum de nossa sociedade, jamais compactuando com ilicitudes ou jogos sujos na política.

De nossa parte nunca houve qualquer ‘briga’ por conta de nomeações na Prefeitura de Ariquemes. O texto diz que exigimos nomeações para quatro Secretarias e cita o nome de minha nora como indicada para a Ação Social, a qual apesar de ter competência e formação específica para o cargo, nunca teve interesse, pois é funcionária de carreira do Tribunal de Justiça do Estado.

Sobre a Secretaria de Agricultura, frisamos que o próprio prefeito declarou que não tinha nenhuma experiência na área e por isso deixou a cargo do Democratas, visto que sou técnico agrícola e meu filho, atual vice-prefeito, é médico veterinário, ambos com amplo conhecimento da área rural de Ariquemes. Fizemos sim a indicação do Sr. Newton de Oliveira, o qual foi exonerado em menos de um ano. Porém, em nenhum momento foi declarada sua incompetência, haja vista, sua formação como técnico agrícola, administrador e com experiência de 35 anos na Emater, além de conhecedor absoluto da agricultura local, o que pode ser verificado especialmente junto aos agricultores da região.

Quanto ao Sr. João Pedro, ressaltamos que o mesmo não foi nomeado secretário, mas sim, diretor de Cultura do município. Considerando seu currículo invejável e dedicação constante, opiniões unânimes de quem atua na área, lamentamos sinceramente que o município não tenha melhor aproveitado seu talento.

Sobre a nomeação da secretária de Educação, todos são testemunhas da repercussão acerca da eleição feita pelo Sintero, com indicação dos próprios funcionários da Educação e escolhido, pelo prefeito, entre os nomes apontados.

Sobre as situações acerca dos Vereadores eleitos pelo Democratas, destacamos que ambos tem independência e liberdade para agir conforme suas convicções, mesmo que estas nem sempre corroborem nossas opiniões. Quanto às nomeações citadas, afirmamos que tratam-se de pessoas que há muito tempo faziam parte da nossa assessoria e não possuem nenhum demérito no trabalho.

Por fim, o texto diz que procurou a mim e ao vice-prefeito, o que é mais uma MENTIRA ABSURDA. Nossos meios de contato são os mesmos, nunca mudamos nossos números de telefones, e-mails e redes sociais e não fomos procurados em nenhum momento para esclarecermos o assunto. Caso contrário, saberíamos quem está por traz deste ato covarde e não haveria necessidade de buscarmos os meios legais para confrontá-lo.

Quem age com a verdade e a justiça não precisa se esconder, então gentilmente pedimos ao autor do texto que se apresente, assim como jamais nos escondemos de nossos atos e decisões e apresentamos a referida nota como satisfação à população e amigos pelos quais nutrimos profundo respeito.

Adelino Follador
Deputado Estadual – DEM

Comentarios